Fechar X

Nossos princípios fundadores

1. Trabalhamos para gerar diversidade e inclusão

Estamos comprometidos em incluir mais vozes no jornalismo brasileiro através da geração de oportunidade para aqueles que historicamente tem dificuldades de acesso a recursos e audiências. Além disso, nosso modelo de assinatura do fundo não terá preço fixado para que, dessa forma, o acesso e participação no fundo não sejam limitados financeiramente. Você contribui com o que for possível para você, respeitando apenas o pagamento mínimo do sistema do Catarse.

2. Direitos Humanos e questões socioambientais deveriam ser suprapartidárias

Direitos humanos são todos direitos e liberdades básicas a serem garantidos a qualquer cidadão, sem qualquer tipo de discriminação de cor, religião, nacionalidade, gênero, orientação sexual e política. No Brasil, estão associados no imaginário popular a um espectro político e a partidos identificados com a esquerda. Questões socioambientais também, apesar de pouca ênfase política dada ao tema no país. A Multidão terá como uma de suas prioridades abordar essas questões e ajudar na busca, através das iniciativas contempladas, de um projeto de país que considere esses temas com a importância e relevância que eles devem ter.

3. Somos independentes e os projetos têm liberdade editorial

A Multidão não é ligada ou financiada por nenhum partido e não defendemos corrente ideológica específica. Isso não quer dizer que não tenhamos posicionamentos, identificados aqui nesses princípios. Não acreditamos na existência da imparcialidade jornalística pelo simples motivo de que fatos são passíveis de interpretação. Acreditamos que o debate democrático é mais rico a partir da pluralidade de vozes, visões e ângulos sobre fatos. Por isso, é necessário que todos os projetos contemplados tenham liberdade editorial.

4. Seremos sustentáveis e financiados pelas pessoas

Não negociaremos com anunciantes. Nossa principal fonte de receita para manter a operação do fundo será a colaboração das pessoas. Desejamos criar uma organização e uma rede que seja sustentável a partir do seu primeiro dia de atuação e capaz de manter seu trabalho por muito tempo. O lucro será meio, e não o nosso fim, para investirmos em ampliar o trabalho e melhorarmos a Multidão. Estamos abertos a parcerias com fundações desde que para o fundo e projetos específicos, e não para o sustento de nossa operação, sempre com a condição inegociável de manter liberdade editorial dos projetos apoiados.

5. Transparência é o que gera confiança

Todo o processo de gestão de recursos da Multidão será feito de forma transparente, tanto em relação à equipe operacional quanto aos projetos contemplados com recursos do fundo. Acreditamos que transparência é a atitude imprescindível para gerar confiança e elevarmos o trabalho da Multidão e da rede que ela reunirá.

Veja mais dúvidas  >

6. O foco é a qualidade do que é financiado e o impacto causado

A Multidão será aberta ao público e selecionará projetos para a votação que prezem pela qualidade e pelo impacto a ser causado. Formaremos uma rede de pessoas capaz de atestar que projetos são viáveis para o recebimento de recursos e execução do que foi proposto, bem como teremos critérios claros para medir o impacto vindo a partir do financiamento.

7. Não toleramos discursos de ódio, somos espaço de diálogo e aproximação

Um dos grandes objetivos da Multidão é propiciar diálogos e conexões siginificativas, além de transformar a relação entre jornalistas e público. Trabalharemos para adensar a comunidade para que ela se torne mais potente e mais diversa. Não aceitaremos, sob nenhuma hipótese, discursos de ódio, ofensas ou qualquer tipo de atitude que transmita preconceito religioso, étnico, político, de gênero ou orientação sexual. Acreditamos em debates democráticos e embates saudáveis.

Quem apoia a Multidão

Veja quem mais está se mobilizando  >

Fortaleça o jornalismo independente.

Construa a Multidão desde já.